sexta-feira, 22 de dezembro de 2006

um dia perfeito


Ontem vi uma amiga que não via há mais de mês. E há coisa melhor? Falamos, sem parar e sem trégua, basicamente, das onze da manhã até as oito da noite. O velho assunto inesgotável, se bem que tenhamos conversado um pouquinhozinho sobre trabalho e livros também....

E fomos almoçar juntas, nos tratando bem, é claro, com direito a vinho e refeição completa.

Depois, parada no salão, e unhas e pés devidamente pintados do vermelho mais vermelho que pudemos encontrar. Enquete feita com as manicures, que não paravam de rir da nossa cara e prometeram que ajudarão na pesquisa sobre o nome da perseguida inominável.

Cheias de boa vontade, tontas já do vinho e do calor, depois do Salã0 ( adoro essa expressão, bem melhor que a difícil e chata: cabelereiro!) fomos, na maior boa vontade do mundo, à Livraria da Vila, comprar presentes e livros.

Ficamos lá o tempo suficiente para um café e um brigadeiro de colher ( como podem ver, minha dieta vai de vento em popa) e escapulimos imediatamente rumo à loja de sapatos mais próxima, de onde saímos algumas horas depois... consideravelmente mais pobres, conversando, com mais uma taça de prosecco na cabeça (tem coisa mais chic que fazer compras tomando uma taça de espumante?), ligeiramente culpadas, por cerca de dois segundos:

-Pô... a gente é fogo...
-É... num devíamos ter entrado lá...
-É.. agora, de novo, só daqui a três meses.
- Tá...
- Num conta prá ninguém, heim, Lu?
-Tá...
-Ai... tô tão feliz com meu sapato e brinco e colar e sei lá o quê novos!!!
-KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!


Voltamos à livraria, e para justificar o carro no estacionamento deles, comprei dois livrinhos, para mim mesma, e um cd. Resutado das compras de natal: um sapato para PARA MIM ( mas reparem: é cor de berinjela, é aquele sapato irresistível, que clama por você), um colar PARA MIM, dois livrinhos PARA MIM e um cedê PARA MIM. Hum... hoje tento de novo. Num vou falar da lista da amiga porque como todos podem desde já perceber, sou uma pessoa muito discreta.

Sim, meu povo, hoje é dia 22 e eu não comprei nadica de nada de presente de natal ainda. Pelo menos, não está mais tão quente.

Boa sorte prá Lulu.

beijos a todos.

10 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Está perfeito o dia e o relato do dia! Amei!
    Cuidar bem de si, é mais que um princípio filosófico de que nos fala foucault se remetendo aos gregos, é algo prático que requer grana, muita grana! Não venha me falar que satisfações filosóficas valem somente e sozinhas e pronto! Não tem nada mais revelador e espiritual do que comprar um sapato novo! Aquele sapato novo! Ai!!! Te entendo Lulu!!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. É a convivência amiga, a convivência!!! rsssss

    ResponderExcluir
  3. O sapato é realmente lindo! Depois quero o nome da loja e o precinho dele (por e-mail, claro). O bom de não ser efetivamente fútil é que ser excepcionalmente fútil pode ser um brinquedo muito bom!

    ResponderExcluir
  4. O bolinha, obviamente, ficou preocupado com este post, já que não é nenhum plínio...

    ResponderExcluir
  5. hahahah Bolinha! Eu adorei!!!rssss

    ResponderExcluir
  6. diria um dia mais que perfeito... e vc fez certo, vc satisfeita com seus presentes, tem mais disposição de DAR para os outros...kkkkkkkkkkkk

    Lendo isso me lembrei que fui comprar (nada comparavel a esta rica compra), uma singela calcinha vermelha (já que no meu horóscopo disse que eu tinha que virar o ano de vermelho ou rosa......mas puts, já tinha comprado roupa azul e o pior...amei a roupa..definitivamente não dava pra trocar).....pois bem, escolhida a calcinha a vendedora me pergunta: é pra senhora?
    sim....eu disse
    ela respondeu: me desculpe mas não temos embalagem comum, só embalagem para presente.
    eu disse: e quem lhe disse que eu não mereço esta calcinha embalada para presente?

    é incrível como as pessoas não tem o simples hábito de se presentear né?

    beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Dulcinha querida,
    quando é para a gente, a gente tem que pedir laço de fita vermelho, a maior caixa que tiver, papel de seda embrulhando tudo! E quando chega em casa, abre tudo como se fosse uma criança, e ainda faz desfile da calcinha nova para algum sortudo ver!!!

    ResponderExcluir
  8. lulu, que loja é essa? amei o sapato, ameeeiiii! bjs

    ResponderExcluir
  9. Gigi!!
    esse sapato e outros maravilhosos vc acha na Vila Madalena, em SP, numa lojinha chamada CAS que fica na rua Fidalga, perto ali do bar Filial.
    hum... será que eles me dão comissão em sapatos? ??? hm...

    ResponderExcluir