quinta-feira, 26 de julho de 2007

O duelo do século: sushi e meleca



Esse é o sushi, aquele que se escondeu debaixo da geladeira por sete horas consecutivas, deixando sua dona mais louca que o normal.



para saber mais sobre a história do desaparecimento do Sushi, e saber com se vestem os blogueiros, clique aqui.















Essa é a Meleca.

Sobre o nome da gata, deixem-me explicar (minha mãe já ligou reclamando: o que as pessoas vão pensar, ao saber que você dá esse tipo de nome para seus bichos amados, lu?),
é o seguinte, já contei isso em outro canto, mas vamos lá, conto de novo, em nome da boa fama e reputação desse diárioe da casa da Lulu:
quando chegou em casa, com fome, frio e sede, abandonada e tal, a Meleca chamava-se Mel. Aí o maridón achou que Mel tinha muito nome de heroína da novela da globo, e no veterinário havia mais umas vinte gatas e cadelas chamadas Mel. Não podia ser. Virou Melancia. Até o dia em que a Helena veio nos visitar.
Que melancia nada, é Meleca!
e meleca ficou.
Chamo de Melequinha, acho meigo.



A Melequinha era a princesinha do oeste, mas andava solitária. precisava de uma companhia para alegrar seus dias de apartamento. Apareceu o sushi. A Melequinha espantou o Sushi. Foi um horror.
Quase não o víamos, ele ia dessa casinha para debaixo da geladeira. Esqueçam o Wally, o passatempo daqui de casa passou a ser:

Onde está o Sushi???









Até que, ontem, passados três dias, o Sushi pôde finalmente dormir em paz, no meio da sala, em cima da poltrona.

Foi lindo.

A Melequinha deu um descanso pro cara.





Conseguirá o Sushi dormir em paz e ter uma vida feliz ao lado de sua nova e irritadiça amiga?????







Conseguirá a Melequinha fazer novas amizades, perceber que tudo bem haver mais alguém como ela no mundo, dividir a comida, a areia e o colo da dona, e ainda ficar feliz com tudo isso?????













O suspense paira sobre a casa de Lulu.

9 comentários:

  1. Que lindos!!!

    Adorei conhecer a Meleca e o Sushi... Torço pra que a paz volte a reinar no seu mundo encantado!

    bjos & afagos, aos felinos e à mãezona

    Clé

    ResponderExcluir
  2. ai, coisas maisi fofas! eu quero um sushi pra mim!!!! [eu tenho uma gatinha gorda e uma cocker ciumenta. mas sou louca, louca por gatinhos. e esse aí parece ser tão meigo...] tô adorando a historinha! bjs

    ResponderExcluir
  3. Lulu, estou passando pela mesmíssima situação em casa. Incrível, só mudam os nomes mesmo. Saem Meleca e Sushi, entram Lolita e Calvin. De resto, tudo igual. rs
    Lulu, eu queria o seu e-mail, vc poderia me mandar?
    Procurei aqui no blog e não achei, desculpa se ele constar em algum lugar super óbvio do seu espaço e eu que não tiver percebido.
    Me manda no suzanaflag@gmail.com, por favor?
    Brigada. ;)

    ResponderExcluir
  4. to adorando essa novela felina.;0)

    ResponderExcluir
  5. Lulu,

    Percebe como as vezes as coisas mais simples da vida como uma convivencia civilizada (ainda que entre gatos) pode tomar proporções épicas?

    Que muito louco!!! Mas no fim, tenho certeza que a paz ira reinar no mundo da Lulu.

    Beijo
    Miranda

    ResponderExcluir
  6. HAHAHAHAHA!!!! Adorei ver o Chaka na foto. É, Lulu, o Sushi chamava Chaka, não Maka, hahahaha!!!
    ps. Meus gatos tbém andam impossíveis.
    Lelê.

    ResponderExcluir
  7. Cadê o próximo capítulo?

    =[

    hehe

    Deu saudade de ter gatos...já tive três: o Céu (história comprida), a Mélian (nome de elfa) a falecida Ághata (de tanto chamar ela de a gata ficou este nome mesmo..rs) e o também falecido Jimi...ai ai.
    A gata da minha sogra deu cria...eu quero um!!!

    Abraço!

    Janaína.

    ResponderExcluir
  8. A quantas anda a saga dos felinos, Lulu? Update-nos...!

    bjo, aflita,
    Clé

    PS: Você é uma ótima contadora de histórias!

    ResponderExcluir
  9. Rsrsrs...
    Digitei no google "gata" e "meleca" e eis que surge seu blog. Meleca porque é exatamente o nome da minha gata. E carinhosamente a chamamos de Melequinha.
    Minha história foi que primeiro chegou a "Maloca" (nome que o marido deu né, só pode). É uma gata preta, faminta, cheio de sarna, que encontramos na rua. Bom, o nome veio a calhar, ela estava totalmente em farrapos, ou seja, maloqueira! Depois encontramos a Melequinha, em bom estado, muito melhor que a Maloca. Foi aí que o meu marido disse.. "sua vez de escolher o nome"...rsrs.. Pra combinar com Maloca, eis que veio a idéia de Meleca!! Se tivermos mais gatas, serão "Maluca", "Moleca", "Milica"... ajas gatas e nomes!! rsrs...

    ResponderExcluir